JUSTIÇA SOCIAL/ JUSTICEIRO OCASIONAL : AÇÃO DO GOVERNO/ ARTICULAÇÃO DO GRUPO SARNEY EM VIANA

Existe uma profunda diferença entre o governo de Flávio Dino/ pautado na Justiça Social/ articulação do grupo Sarney com um justiceiro ocasional - o deputado federal Aluísio Mendes - que precipitou confronto sangrento entre índios Gamelas/ posseiros no município de Viana.

Mendes sem qualquer estudo do conflito na área esteve em Viana no domingo(30) sangrento/ teria incitado os posseiros em praça pública/ chamando os Gamelas de "ladrões"/ "malfeitores" fato suficiente para precipitar o conflito. O saldo são quatro índios feridos/ um com a mão "decepada" pela Mirante.

Aluísio Mendes já está em Brasília/ gozando das benesses que o cargo de deputado federal lhe confere. O jornal da família Sarney "O Estado do Maranhão" faz coro com o discurso de Mendes/ afirmando que são "índios de araque/ de H"/ "homens que se autointitulam índios.

Provavelmente essa informação - "índios de araque/ de H" - teriam sido repassadas pelo deputado federal/ justiceiro ocasional Aluísio Mendes/ ficando então verossímil a informação de Mendes em discurso agressivo - "ladrões/ malfeitores" - foi o estopim que desencadeou o conflito sangrento.

Mendes foi segurança de Sarney/ virou Secretário de Segurança para evitar a prisão de Fernando/ durante a Operação Barrica. Na gestão dele eclodiram  as decapitações em Pedrinhas. Mendes dizia ainda que o aumento dos homicídios na gestão de Roseana Sarney era apenas conflito do tráfico.

  

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.