A ÚLTIMA CARTA DE MICHEL TEMER: TESE DA CONSPIRAÇÃO FOI IDEALIZADA POR SARNEY

Sarney especialista em conspiração/ articulação/ manipulação foi chamado por Michel Temer para opinar sobre renúncia/ ou pronúncia? Optou pela pronúncia.

Sarney ouviu as gravações/ concluindo que eram contestáveis pela qualidade/ lapsos nas falas. Mas não observou a coerência dos diálogos "Fribois" - Temer/ Batista.

Temer ouviu Sarney/ optando pelo pronunciamento. Sarney recomendou a Temer "tom de voz/ gestos de promotor/ advogado" - acusar/defender-se no mesmo momento.

A "tese da conspiração" é defendida por Sarney na sua coluna dominical no EMA sob o título de "Reforma". Sarney junta Temer/ Jango/ Reforma Agrária/ Trabalhista.

A mensagem subliminar é que Temer/ Jango foi/é respectivamente vítimas de conspiração por pretenderem fazer reformas - Trabalhista/ Previdenciária/ Política. 

A tese conspiratória/ conselho de Sarney é a última carta de Temer. Peritos foram chamados à darem pareceres / blogueiros a instalarem a dúvida na op - opinião pública - brasileira.

Do afetado Reinaldo Azevedo aos insignificantes miranteanos/ caridosos pululam orquestrações da "tese conspiratória" da autoria de Sarney/ chamado a opinar sobre a renúncia de Temer.

Contudo a op - opinião pública - já formou juízo a respeito da matéria. O Supremo Tribunal Federal ao julgar a chapa Dilma/ Temer decretará o mesmo - Michel Temer é prejudicial ao Brasil.


                     Dos Pingos nos Is ao Ponto/ Vírgula a falsa tese da conspiraçã

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.