A CRISE NÃO É SENATORIAL/ A CRISE É SARNEIZAL/ MEDO DE PERDER A REPRESENTAÇÃO NO PODER CENTRAL

Finalmente acendeu a "vela de morte" do grupo Sarney tal qual a de Vitorino Freire - debandada de prefeitos aliados/ possibilidade real de perder duas vagas no Senado/ a maioria na Câmara dos Deputados/ a representação no Poder Central.


Sarney conhece a história como repetição/ farsa/ tragédia/ realidade. Flávio Dino não é farsa/ vai repetir o mandato/ fato que representa a tragédia do grupo Sarney/ tal qual Sarney em relação a Vitorino Freire/ com a perda de poder na Presidência da República. 


Foi assim no passado/ mas não será desta forma no presente. Os coronéis da política maranhense dominavam o Estado com o peso político na Senado/ Câmara dos Deputados colocando os votos a disposição dos governos nas ditaduras militar/ civil.

As eleições de 2018 são fundamentais para acabar com a tradicional troca de votos no Senado/ Câmara dos Deputados em favor de governo militar/ civil/ classe política/ enquanto o povo maranhense era condenado viver  na miséria absoluta. 

Flávio Dino vai fazer a maioria no Senado/ Câmara dos Deputados a partir das eleições de 2018. Sarney tenta gerar divisão entre os aliados de Dino com uma tal "crise senatorial". A crise é "sarneizal" - o medo de perder representação na Presidência da República.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.