MORTE DE JOÃO CASTELO CASTELO/ CANDIDATURA DE WEVERTON ROCHA REVELAM GRANDES ESPAÇOS PARA LIDERANÇAS AUTÊNTICAS

A morte de João Castelo - volume qualitativo/ quantitativo de lideranças locais/ nacionais no velório - diferencia-se do lançamento da pretensa candidatura de Weverton Rocha ao Senado -  diminuto grupo de velhas lideranças corruptas/ oligárquica representadas pelos Bringel/ Resende/ ou as que se iniciam(Joaquim Nagib de Codó)/ ou ainda as que caminham no mesmo sentido( os Leitoa de Timom/ Pereira de Matões).

Os dois fatos políticos - velório de Castelo/ candidatura de Weverton Rocha - revelam o quanto são grandes os espaços à serem preenchidos doravante por lideranças autênticas/ pautadas na transparência/ honestidade/ competência. João Castelo conquistou prestígio/ liderança/ mandatos sucessivos pautado na mentalidade fisiológica/ clientelista/ patrimonialista alicerçado no apoio das oligarquias municipais.

As últimas eleições(2016) municipais promoveram novas franquias eleitorais fora da repetida/ cíclica mudança nos municípios maranhenses "do seis por meia dúzia"/ como ainda ocorre em Santa Inês/Codó/ Matões/ Timom entre outras cidades de pequeno/ médio/ porte. Todavia o processo de renovação se efetivará/ consolidará a partir  das eleições para Governo/ Senado(2018)/ Prefeituras/ Câmaras Municipais(2020).

As "novas franquias eleitorais"/ lideranças em 2018/2020 - estaduais/ municipais - não se amoldarão ao modelo do passado oligárquico/ corrupto/ cíclico/ repetitivo em que as lideranças municipais rivalizavam/ tendo o mesmo interesse de locupletarem-se ilicitamente com os recursos públicos. João Castelo/ Sarney foram lideranças forjadas dentro desta mentalidade/ estrutura. Flávio Dino representa a mudança das franquias eleitorais.

1 comentários:

Maçudi Cardoso Salgueiro Maçudi disse...

O povo continua em desvantagem tendo que sustentar um opulento e perdulário senado. Lá andam senhores ávidos de privilégios mil. Eleja três e sustente 9, junto com um cartão saúde sem limite. Morrer no Sírio Libanês não se equipara a morrer no Socorrão, mesmo a morte chegando para todos.

Maçudi

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.