ADEUS SENADO : WEVERTON ROCHA ABORDADO NO AEROPORTO EMPURRA/ PROMETE PORRADA EM BRASILEIRO QUE CRITICA A EMENDA CAVALO DE TROIA



Notem que quem empurra é o deputado Weverton Rocha/ quando o cidadão tenta argumentar 
Weverton Rocha pode dizer adeus a candidatura ao Senado. Rocha foi abordado por um brasileiro que ao criticar sua emenda "Cavalo de Troia" foi empurrado/ recebendo de Rocha promessa de levar umas porradas.

Weverton Rocha diz que se não estivesse embarcando "ia pegar o brasileiro" - ele chamou de moleque o cidadão que sutilmente amassou um tomate na sua camisa. Ricardo Roque/ ressaltou que o movimento é pacífico/ mas contundente.

Weverton Rocha deu uma de Bolsonaro/ demonstrou intolerância/ despreparo falta de equilíbrio ao reagir as críticas. Este é o ônus por aceitar ser o autor da emenda que pune juízes/ promotores por crime de responsabilidade.

A emenda "Cavalo de Troia" de Weverton Rocha dentro do "Pacote Contra Corrupção" é vista como intimidação para esvaziar a "Lava-Jato"/ posto que doravante qualquer político/ pau mandado pode arguir a imparcialidade de juízes/ promotores.

Julgamentos por motivação política/ publicidade/ vazamentos dos fatos colocam a carreira/ desempenho profissional de juízes/ promotores na "vala comum". Só Weverton Rocha de passado sombrio para aceitar a missão de autor da emenda.

3 comentários:

Pereira Vieira disse...

Dom César,

Não sei porquê, mas vejo um dedinho do nosso comunista chefe!
Waldir Maranhão se empolgou com as habilidades do Dr, até voou de jatinho juntos pra aprender as manobras exclusas do impeachment....
Agora outro maranhense desconhecido surge com uma emebda maluca pra atingir exatamente a classe que o governador pertencia...
Só quero ver qual a próxima estratégia de sua excelência pra se tornar conhecido pelo Brasil a fim de viabilizar sua cândidatura a presidência...
Lembrando que não adiantou aumentar o gasto com a assessoria de imprensa importada de Brasília.... Flávio Dino continua um ilustre desconhecido

Cesar Bello disse...

Dino não tem a menor pretensão pela Presidência. os gastos não são para divulgar a pessoa do governador/ mas as potencialidades de um estado que não está quebrado. A resposta é bem maior que o gastos. Veja por exemplo a iniciativa da Linha azul em aumentar os voo para São Luís. Observe os empresários que desejam fazer investimentos livre de pagar comissão para prepostos. A rede hoteleira/ comerciantes/ empresários ganham com a divulgação do Maranhão. Não interessa para Dino aparecer/ mas o Maranhão não está mais nas páginas/ pautas policiais nacionais . Este são alguns exemplos.

Pereira Vieira disse...

Ok, vc me convenceu novamente...

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.