MATERIAL GENÉTICO ENCONTRADO NAS UNHAS DE MARIANA COSTA DETERMINARÁ SUSPEITA SOBRE O MARIDO

É de fundamental importância colher o material genético depositado nas unhas de Mariana Costa/ vítima de asfixia na noite deste fatídico domingo.

O exame cadavérico determinará a hora da morte - o "algor mortis. O corpo esfria de 1° à 1,5° depois da morte/ a temperatura definirá o horário da morte.

As câmaras da residência devem atestar se o marido da vítima Marcos Renato estava em casa na hora da morte/ ou se alguém adentrou/ matou Mariana Costa.

Os livores cadavéricos surgem 25 minutos após a morte/ de 10 a 12 horas se acumulam nas pernas/ pés sendo importante para definir o local da asfixia.

Mariana pode ter sido asfixiada em outro local. O fato de ser encontrada despida/ sugere lavagem para despintar as provas produzidas no corpo da vítima.

O rigor dos músculos somar-se-á para a conclusão exata do exame que determinará o turno em que ocorreu a morte( matutino/ vespertino/ noturno).

A técnica médico legal em tese incriminará/ absolverá o marido Marcos Renato/ apontado até agora como principal suspeito da autoria do crime de asfixia.

Notícias sobre o relacionamento do casal - Mariana Costa/ Marcos Renato - também serão válidas para colaborar na elucidação da morte de jovem senhora.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.