CONSUMAÇÃO/ EXAURIMENTO



Lucas Porto demorou 40 minutos no apartamento da vítima. Porto deve ter encontrado Mariana Costa despida/ aguçando seu desejo - a ausência das roupas/ inclusive as íntimas da vítima/ as escoriações pelos braços/ pescoço/ tórax do réu - atestam luta corporal.

Mariana esganada para não gritar/ reagiu ao ímpeto de Lucas como é natural quando alguém é asfixiado/ ferindo-o nos braços/ tórax/ pescoço. A força de Porto duplicada pelo êxtase vence a frágil Marina/ que desfalece/ em seguida provavelmente sofre abuso/ sendo finalmente sufocada.

A luta que produz escoriações no peito/ braços/ tórax de Lucas Porto/ a nudez de Mariana atesta a volúpia progressiva incontrolável/ a lubricidade pervertida/ doentia do réu em manter relação sexual com a vítima contra sua vontade/ consumando o ato ao sufocá-la com o travesseiro e exaurir-se.


foto5


0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.