EFEITO CAEMA : EDUARDO BRAIDE O CANDIDATO QUE VIROU ÁGUA

Depois das denúncias desvios na Caema - dispensa de licitação no montante de 5 milhões para beneficiar Heitor Pereira/ o Heitorzinho sócio do pai/ irmão de Eduardo Braide - a candidatura de Braide virou água. Heitor Pereira era o  operador de Zequinha Sarney no governo Zé Reinaldo/ que tinha a Caema como feudo/ cofre para pagamento de despesas pessoais e de manutenção política.

<b>Caema</b>: <b>Braide</b> destinou, sem licitação, R$ 5 milhões à empresa do ...

Eduardo Braide/ o Braide Pitt vinha surfando nas ondas da honestidade como jovem competente. Mas os contratos - dispensa de licitação para beneficiar o sócio do pai/ irmão - o distrato da firma de Heitor Pereira/ o Heitorzinho incluindo o pai/ irmãos na empresa  que mudou de CBM Construções para Agroindustrial e Pecuária não deixam qualquer dúvida sobre o desvio/ beneficiamento dos Braides.

Por quê Eduardo Braide abaixou a cabeça durante a solenidade que autorizava os serviços da empresa de Heitor Pereira/ o Heitorzinho ? Porque Braide sabia que aquela dispensa de licitação beneficiava os sócios do pai/ irmão/ o operador de Zequinha Sarney na Caema/ no governo de José Reinaldo. Eis as provas irrefutáveis senhores leitores. Eis um homem cabisbaixo/ autorizando/ participando da corrupção.curta carreira de <b>Eduardo</b> <b>Braide</b> como gestor da <b>Caema</b> - Maranhão da ...

caema2


caema3

2 comentários:

Joilson disse...

Peque um pouco de água e vê se lavo o rabo, cesinha.

Cesar Bello disse...

Sem argumento ? Aí descamba para agressão. Esse é o eleitor de Braide ? Taí as provas é só mostrar em contrário.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.