EDUARDO BRAIDE É TÃO DIFERENTE QUANTO OS DEDOS DAS MÃOS : TEM UM QUE SERVE PARA APONTAR ERROS/ DOIS QUE SERVIRAM PARA CONTAR DINHEIRO E ASSINAR NOMEAÇÃO DO PAI/ ASSESSORES CORRUPTOS NA ALEMA/ DISPENSA DE LICITAÇÃO NA CAEMA PARA BENEFICIAR SÓCIOS DO PAI/ IRMÃO É O BESTA!

O jurista/ imortal Pontes de Miranda legou as futuras gerações um pequeno opúsculo titulado de Garra/ Mão/ Dedo - método de análise sociopsicológica - que inspirou esta postagem/ mostra que "os dedos das mãos não são iguais/ mas se igualam no conjunto das ações/ práticas humanas nefastas".



Eduardo Braide diz que é um político diferente. Todavia  observando o que ele assinou - ato de nomeação do pai na ALEMA/ de dois assessores envolvidos no desvio 13 milhões em Anajatuba/ recibos de auxílio moradia na ALEMA/ dispensa de licitação na CAEMA para beneficiar os sócios do pai/ irmão - Braide é tão igual quanto os dedos das mãos/ assinando a corrupção.



Braide tem o indicador para apontar os erros dos outros/ apertar o gatilho/ o polegar que se une com o indicador  para contar dinheiro/ o médio para sinalizar o ódio contra os blogueiros. Braide é como os dedos das mãos : diferente no tamanho/ funções/ contudo igual na forma de agir em busca do poder. Ele é que assina todos estes atos e diz que não sabia de nada.

Eis as provas do vínculo de Eduardo no desvio de 13 milhões em Anajatuba. Observem  o tempo entre as nomeações/ demissões assinadas por Braide. Elas ocorrem para encobrir sua participação. Mas ficaram as digitais - aquele que entrou - Fernando Bezerra no lugar de Matilde Coqueiro - continuou a servir de laranja.

 
 

7 comentários:

 
Tecnologia do Blogger.