"O TERRENO PERTENCE AO MEU IRMÃO"(WELLINGTON DO CURSO) : SE FOSSE ELEITO PASSAVA A PREFEITURA PARA O NOME DA MÃE/ DO IRMÃO "BEBUM"

O candidato Wellington do Curso não comemorou a decisão que excluiu seu nome de um processo movido pela Procuradoria Geral do Estado/ que pede reintegração de posse de terreno esbulhado - invadido - no Sítio Santa Eulália.

Por quê Wellington do Curso não comemorou a decisão que retirou seu nome da lide? Porque o invasor/ grileiro é o seu irmão. O próprio Wellington declarou ao blogueiro Gilberto Léda : "o terreno pertence ao meu irmão".

Esta não é a primeira vez que Wellington do Curso usa o irmão para assumir as broncas. As dívidas trabalhistas/ com a Previdência/ ISS/ IPTU estão em nome do irmão. A população já tomou conhecimento do "modos operandi".

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.