O DANDO QUE SE RECEBE/ PERDOANDO QUE SE É PERDOADO DO DELEGADO FRANCISCO DE ASSIS RAMOS/ O "SANTO"

Muito estranho/ mal explicado o dando que se recebe/ perdoando que se é perdoado do delegado Francisco de Assis Ramos/ que pensa em ser o Prefeito de Imperatriz "parido" pela família Sarney.

"Francisco de Assis" Ramos não tem nada do santo  - São Francisco de Assis. Ramos mandou tirar um preso em Pedreiras para servir churrasco/ dar bebidas para policiais/foi perdoado por um xerimbabo dos Sarney . 

 
Francisco de Assis/ o "Santo" "atirando" em João Alberto/ o "Carcará"

Mandar liberar Antonio Doriel preso/cacheiro(arrombador de caixa eletrônico tem sempre dinheiro no "mocó") já o colocaria sob suspeita de dar liberdade para receber vantagens financeira.

 
Francisco de Assis/ o "Santo" com o Papa Waldir Corrupção

O preso Doriel tomou Doril/ sumiu. Francisco de Assis Ramos/ o "Santo" foi perdoado por Aluísio Mendes/ então Secretário de Segurança/ primeiro com o engavetamento do processo disciplinar/ depois com o argumento processual da prescrição. 

Aluísio Mendes/ o Aluizinho também respondeu a processo disciplinar como agente da Polícia Federal. Mendes foi acusado de passar informações para Fernando Sarney durante a Operação Barrica.

Aluísio Mendes/ o "Aluizinho" foi eleito deputado federal parido pela família Sarney. Mendes foi o responsável pela transferência delegado "Santo" para Imperatriz/ sendo o principal aliado de Ramos.

Domingo que vem não é o "Domingo de Ramos". Até lá vamos relatar o dando que se recebe/ perdoando que se é perdoado. Tem o caso de um empresário acusado de estupro que teria dado e foi perdoado.


3 comentários:

 
Tecnologia do Blogger.