Publicidade

ELEIÇÃO REVIRA O PIAUIENSE WELLINGTON COM CARA DE SANTO PELO AVESSO: EM NOME DO MÃE/ DO FILHO/ DO IRMÃO

Apreendi ao longo da minha conturbada existência amar a minha mãe acima de todas pretensões. Respeito sua intimidade/ jamais revelei segredos trocados em 58 anos de convivência.

Lamento/ protesto quando vejo/ ouço o piauiense/ candidato a prefeito da Capital do Maranhão/ Wellington do Curso falar do passado da sua mãe como marafona/ cafetina/ dona de prostíbulo.

Qualquer casa de alvenaria tem uma sala/ que precede os quartos onde guardamos a intimidade à ser respeitada dentro do lar. Inadmissível desrespeitar a mãe em nome de interesses políticos.

Em nome das mães sugiro ao piauiense candidato a prefeito da Capital do Maranhão que respeite o passado da sua genitora. Sugiro ainda que não usar irmão alcoólico como laranja em negócios sujos.

Conversei  com o piauiense candidato a prefeito da Capital do Maranhão/ Wellington do Curso sobre família. Pedi atenção ao seu filho criado em Dom Pedro. WC reconheceu a paternidade. Ainda bem.

A eleição vai revirar o piauiense Wellington "com cara de santo" pelo avesso. O marketing vai querer fazê-lo crescer como vítima. A "vitimologia política" morreu com Lula/Duda/Santana/Paz&Amor.

Família se respeita - pai/ mãe/ irmão/ filhos devem se venerados/ tratados com respeito/ não podem ser objetos de exploração/ interesses políticos. Sempre foi assim em São Luís. Em Teresina é diferente ?

A resposta é do povo ludovicense - os nascidos em São Luís .

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.