DR. CHUPETA EM PUXADINHO/ PUXADÕES/ INVASÕES DA OLIGARQUIA ROCHA

Conheci o pai de Roberto Rocha/ Luís Rocha na minha casa nos almoços(feijoada/ mocotó) que o meu pai Luís Bello oferecia todos os sábados para os estudantes da UMES/ localizada nos fundos da nossa residência/ na Rua Sotero dos Reis/ Vila Bessa.

Luís Rocha era chamado de "Lóia". Meu pai/ Luís Bello não gostava do apelido que lembrava paranoia/ chamando-o carinhosamente de "Xará" - aquele que tem o mesmo nome. Mas o responsável pela projeção de Luís Rocha foi Jorge Nagib Neto/ o Árabe.  

O tempo passa/ o tempo voa/ a poupança de Luís Rocha fica numa boa - o vendedor de leitão em São Domingos do Azeitão transforma-se em governador do Maranhão a pedido/ unção de Dona Marly Sarney/ a "Marloca" esposa da régua/ compasso José Sarney.

No corrupto governo de Luís Rocha/ o"Lóia" os gritos "Terezinha" foram substituídos por "Ledinha" e surge o puxadinho - grilagem urbana - de terreno da Polícia Militar hoje abriga a Rádio Capital/ o HSBC( antigo Banco Bamerindus) entre outros aluguéis milionários.

Os puxadões da oligarquia rural dos Rocha - o patrimônio duvidoso composto por  televisões/ mansões/ fazendas em Balsas/ Imperatriz/ Belo Horizonte - foram adquiridos na sombra do governo do próprio Luís Rocha e os ligados a famílias Sarney/ Lobão. 

Roberto Rocha/ mulher/ filhos/ filha/ irmãos nunca trabalharam na vida. Parte do patrimônio duvidoso vem sendo negociado com agiotas/ objetivando a manutenção da oligarquia na política. A Prefeitura de São Luís é a esperança de novos puxadinhos/ puxadões/ invasões no futuro dentro do Palácio dos Leões.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.