COISA DE BANDIDO/ BANDIDÃO/ BANDIDEÇA : BLOGUEIRO TENTA USAR OAB-MA PARA TRANSFORMAR ELISIANE GAMA EM MULHER MARAVILHA

O blogueiro sarno-elisianista Marcos Deça/ o Bandideça tenta vincular uma Circular da OAB-MA/ pregando eleições limpas em todo o Maranhão a suposta trolagem eleitoral - pedido de desistência - que teria Elisiane Gama como vítima.

A OAB-MA na Circular pugna por "debates/ proposta concretas/ factíveis alinhadas a realidade"/ não tem vínculo/ não é dirigida em favor de candidatos. A tentativa de usar a OAB-MA como alavanca de Elisiane Gama tem de ser denunciada.

A OAB-MA repudia insinuações maliciosas como por exemplo as proferidas pelo blogueiro Marcos Deça/ quando Edvaldo apresentou a modesta declaração patrimonial - "pensa que somos otários".

Elisiane esta fora das eleições pela incoerência política - aliança com Caostelo(PSDB)/ Adriano Sarney(PV) e  votar  contra Dilma. Usar a OAB-MA para transformá-la em Mulher Maravilha é ficção. 

Os blogs denunciaram o "modus operandi' de "Elisiane Grana". A aliança com João Castelo teve como resposta a humilhante terceira colocação. A desistência é questão de dias/ horas/ semanas. 

Eis a Circular que em nenhuma de suas linhas faz referência a Elisiane Gama. Usar uma Circular da OAB-MA como documento em defesa de Elisiane Gama é coisa de bandido/ bandidão/ bandideça :

É notório o clamor da sociedade por um processo eleitoral em que, verdadeiramente, haja um debate de propostas concretas, factíveis e alinhadas com as necessidades das pessoas e das cidades. A sociedade brasileira está exausta de escândalos, de baixarias e corrupção durante o processo eleitoral; de mentiras, meias verdades, ofensas pessoais. Essencial é a construção de um cenário eleitoral democrático, realmente igualitário, ético, responsável, comprometido com as ideias inovadoras e projetos possíveis.

 O cidadão deve ser um fiscal do sistema eleitoral! Além de denunciar atos ilícitos e combater o Caixa 02, por meios dos inúmeros canais colocados a sua disposição, devendo analisar o comportamento e ações dos candidatos, ponderar as notícias e os fatos veiculados, buscando fontes seguras e confiáveis de informações, recebendo com cautela boatos e assuntos maliciosos, sobretudo nas redes sociais e nos aplicativos de troca de mensagens, sendo essencial que haja um dialogo com familiares e amigos sobre referências ideológicas e as condutas de todos aqueles envolvidos no processo eleitoral.

 Essa observância é salutar. A consciência dos eleitores no momento de escolher representantes é fundamental para que sejam preservadas a probidade e a ética na política brasileira, para todas as esferas de governo e em relação a todos os Poderes. O voto não tem preço, tem consequência! É preciso acabar de uma vez por todas com o que exista de mais nefasto na política e no sistema eleitoral brasileiro.

 A OAB-MA repudia todos os atos ilícitos que desestabilizam o nosso sistema político eleitoral, voltando a reafirmar pela defesa de que prevaleça o máximo de lisura nas eleições. O trabalho da Seccional iniciou com a itinerância eleitoral percorrendo 15 cidades maranhenses, contemplando os 217 municípios do Estado. Em cada Subseção foi instalado o Comitê de Combate ao Caixa 02, com vários canais de denúncia para que o cidadão se transforme em um fiscal da sociedade.

 Sim, o cidadão pode/deve fiscalizar e observar as discrepâncias entre gastos e doações declaradas pelos candidatos e partido em relação ao volume e grandiosidade das campanhas eleitorais em 2016 e é nesse sentido que a OAB Maranhão se posiciona e conclama a sociedade para participar desse ato cívico de responsabilidade coletiva e sentido democrático, agindo, todos, da forma mais ética, razoável, proba e republicana.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.