FUNDAMENTALISMO/ TERRORISMO DOS SERVIDORES DO TJ-MA : QUEREM O JUSTO PAGAMENTO DE 21% DAS PERDAS SALARIAS/ MAS ACARRENTANDO ATRASO DE 100% DE TODOS OS FUNCIONÁRIOS DO ESTADO


Os valorosos servidores do Tribunal de Justiça do Maranhão fazem de conta que não entendem a realidade - a crise financeira que faz outros governos estaduais/ não incluindo ainda o Maranhão atrasarem os pagamentos dos funcionários por até 8 meses.

Os funcionários do TJ-MA querem receber o justo direito - 21% das perdas salariais acumuladas no ano passado/ em 2015 - mas de forma fundamentalista ignoram que se o governo pagá-los atrasará 100% da folha de todos os servidores do Maranhão.

A greve/ paralisação é "terrorismo branco"/ sem sangue/ violência/ contudo acarretará prejuízo para a cidadania - as demandas judiciais da população. Entendo como justa a reivindicação/ todavia intempestiva a solução/ posto que o governo não dispõe de recursos para atendê-los.

O governador Flávio Dino anuncia o pagamento de julho para o dia 30. A certeza possibilita a alimentação/ medicamentos/ pagamentos de empregados/ serviços. Contudo a inadimplência de algumas despesas perduram para a maioria dos funcionários/ como decorrência da crise.

Imaginem senhores laboriosos servidores do TJ-MA a impossibilidade do que hoje ainda é possível/ em decorrência do temido atraso no pagamento da folha de todos funcionários públicos do Maranhão? Bom senso/ equilíbrio/ consciência. A crise econômica atinge a todos sem distinção.

Vamos dividir o bolo/ as angustias/ aflições/ as perdas que são de todos os cidadãos/ funcionários públicos/ aposentados/ pensionistas muitos deles - principalmente os mais idosos - dependendo da regularidade do pagamentos da folha para sobreviverem. Quantos seriam prejudicados?

33 comentários:

Valberto Costa disse...

Quer dizer que o pagamento das nossas perdas inflacionárias acarretará a quebra do estado? Quanta demagogia a deste blogueiro! Como que o governo pagou as perdas das outras categorias e o estado não quebrou? Pq com tamanha crise financeira, o TJ ainda continua pagando auxílio moradia para sua nobreza e Pq ainda continuam com milhares de cargos comissionados ? A resposta a este blog tem que vim a galope e com todos estes questionamentos que acabei de fazer.

Valberto Costa disse...

Quer dizer que o pagamento das nossas perdas inflacionárias acarretará a quebra do estado? Quanta demagogia a deste blogueiro! Como que o governo pagou as perdas das outras categorias e o estado não quebrou? Pq com tamanha crise financeira, o TJ ainda continua pagando auxílio moradia para sua nobreza e Pq ainda continuam com milhares de cargos comissionados ? A resposta a este blog tem que vim a galope e com todos estes questionamentos que acabei de fazer.

Unknown disse...

Blogueiro anda bem desinformado viu? Não sabe nem o que tá falando. O que vai quebrar o estado é essa gestão fracassada e mentirosa que financia equipe de carro de corrida.

Rildo Martins disse...

Blogueiro anda bem desinformado viu? Não sabe nem o que tá falando. O que vai quebrar o estado é essa gestão fracassada e mentirosa que financia equipe de carro de corrida.

Gleydson Mendes disse...

Sr. Blogueiro, sua postagem está 100℅ equivocada. As perdas inflacionárias que estamos cobrando desde 2014 é no percentual de 6,3℅ e não 21,7℅ como o senhor equivocadamente (e talvez deliberadamente em conluio com o Dino) referiu aqui na sua página. O governador já pagou as perdas do TCE, da pge e só não pagou as nossas. O pagamento da nossa reposição inflacionária não irá quebrar o Estado. O que vai quebrar o Estado são as benesses que desavergonhadamente são pagas aos desembargadores e juízes do Maranhão. 1.500 reais de auxílio livro, 4.377 reais de auxílio moradia, só pra citar alguns. Creio que só o auxilio moradia pago aos pobres juízes é maior que teu salário, Sr. Blogueiro. Com respeito lhe sugiro: tenha hombridade, seja homem é não um pau mandado, e corrija a sua postagem.

Tatiana Silva disse...

Quero saber qto tá recebendo pra espalhar tantas mentiras, os servidores do judiciário deveriam ser valorizados, mas apesar de estarmos no órgão que deveria dar exemplos somos esmagados pq o governador e judiciário estão de mãos dadas para não dar nem um farelo desse bolo que tem dono certo, magistrados, cargos comissionados, fantasmas e pra gente como vc que ajuda a esconder a verdadeira vdd. As perdas 6,3 , a ação dos 21,7 que já ganhamos, tudo isso vc sabe o q é, não é desentendido, só não quer falar a vdd

Hugo Pinheiro disse...

Afirmar que vai atrasar a folha de pagamento sem trazer um único dado orçamentário/financeiro, isso sim é terrorismo, ignorância e má fé!

Hugo Pinheiro disse...

Afirmar que vai atrasar a folha de pagamento sem trazer um único dado orçamentário/financeiro, isso sim é terrorismo, ignorância e má fé!

André disse...

21,7% nós já estamos recebendo e nada tem haver com perdas inflacionarias. As perdas q estamos cobrando é a de 2014 apesar de nos serem devidas também as de 2015. Não sei se da raiva ou pena desse blogueiro exatamente porque não sei se o motivo da postagem é ignorância, burrice ou má fé. E sabe de mais uma, sinto saldades da Roseana Sarney e orgulho por não ter votado no Flávio Dino. Soy anti-comunusta convicto, pois Comunismo e comunistas sempre falam o oposto de que praticam e historicamente sempre espalgaram e espalham opressão, miséria e morte por onde passsram e por onde estão.

Sorayne disse...

Acho que o Sr. é um blogueiro meia tijela que nao sabe nada sobre a realidade dos servidores publicos estaduais, sobretudo dos que fazem parte do Judiciário. Antes de deixar seus dedoa defecarem coisas absurdas no teclado do seu computador, faça como pessoas serias e de boa indole fariam va pesquisar, se informar, para nao fazer papel de palhaco como agora!

Unknown disse...

Caro César, sua fonte não é nada fidedigna.Os servidores do judiciário reclamam perdas de 2014,a qual foi reposta pesta todos os demais servidores do executivo,legislativo e no judiciário para somente os magistrados.Estes que tb receberam as de 2015.Suponho que saibas que a reposição é direito previsto na constituição, logo foram previstas nos orçamentos 2014 e 2015 do TJ. Mas não sabemos o que foi feito com esse dinheiro.Em primeiro plano cobramos o Tribunal que não cumpriu seu dever pq dinheiro foi para isso. Não podemos perceber crise em um judiciário que paga 4.300 de auxilio moradia a um magistrado que a bem da verdade é servidor público como todos os demais.Diga-se de passagem valor maior que o salário de boa parte dos servidores.Vc sabe que os salários de assessores giram na casa dos 18,12,enquanto um analista que faz o mesmo trabalho ganha 6 mil.Pq os deles precisam ser tão altos?Se o Tj tá no vermelho que reduza suas despesas.Pra que televisores na sala de magistrados? Pra que pagar por folha de impressão pra uma empresa de Sp se temos impressoras próprias que precisavam apenas de tonner?Dentre outras perguntas que nos fazemos. Não somos contra magistrados ganharem o proporcional a sua responsabilidade, só queremos o respeito devido pq no final das contas somos todos servidores pagos pelo povo,inclusive nós mesmos. A distinção já está evidente no salário não precisa ser no tratamento dos direitos também.Afinal juiz sozinho não põe a justiça na prática.

Alayanne Aragao disse...

Caro César, sua fonte não é nada fidedigna.Os servidores do judiciário reclamam perdas de 2014,a qual foi reposta pesta todos os demais servidores do executivo,legislativo e no judiciário para somente os magistrados.Estes que tb receberam as de 2015.Suponho que saibas que a reposição é direito previsto na constituição, logo foram previstas nos orçamentos 2014 e 2015 do TJ. Mas não sabemos o que foi feito com esse dinheiro.Em primeiro plano cobramos o Tribunal que não cumpriu seu dever pq dinheiro foi para isso. Não podemos perceber crise em um judiciário que paga 4.300 de auxilio moradia a um magistrado que a bem da verdade é servidor público como todos os demais.Diga-se de passagem valor maior que o salário de boa parte dos servidores.Vc sabe que os salários de assessores giram na casa dos 18,12,enquanto um analista que faz o mesmo trabalho ganha 6 mil.Pq os deles precisam ser tão altos?Se o Tj tá no vermelho que reduza suas despesas.Pra que televisores na sala de magistrados? Pra que pagar por folha de impressão pra uma empresa de Sp se temos impressoras próprias que precisavam apenas de tonner?Dentre outras perguntas que nos fazemos. Não somos contra magistrados ganharem o proporcional a sua responsabilidade, só queremos o respeito devido pq no final das contas somos todos servidores pagos pelo povo,inclusive nós mesmos. A distinção já está evidente no salário não precisa ser no tratamento dos direitos também.Afinal juiz sozinho não põe a justiça na prática.

Unknown disse...

Eu como servidor do Judiciário, por mérito próprio, via concurso, só vou esperar o nosso direito de resposta, por sua deliberada difamação, a altura, ao senhor blogueiro por parte do Sindjus/MA, sindicato ordeiro honesto e atuante em defesa de nossos direitos. Repito, nossos direitos, vilipendiados tano pelos membros do poder judiciário do Maranhão como pelo ex-magistrado que hoje ocupa a cadeira de governador do nosso estado, no qual me arrependo imensamente de ter dado meu voto na esperança de mudança, não apenas de nomes!

RIVALDO FONSECA disse...

Tem gente q tem preguiça até de pesquisar antes de falar sobre determinado assunto. Isso não é um bloqueiro,isso um burreiro ou babaozeiro etc

José Carlos Santos disse...

Blogueiro desinformado, para seu respeito os servidores do judiciário estão cobrando apenas o que lhes é de direito, perdas de 2014. O que quebra o Estado são gastos exorbitantes com propagandas desse governo comunista, são os altos salários pagos para aqueles que não prestaram concurso público, são os auxílios pagos aos juízes, isso sim incha a folha. Procure se informar melhor antes de publicar qualquer informação.

CLÁUDIO ROBERTO disse...

Gostaria muito de vê-lo publicando o valor do auxílio moradia de um juiz e que você dissesse que se ele for casado com uma magistrada os dois tem direito a receberem o famigerado auxílio, ao contrário de um pobre que se já estiver recebendo a miserável aposentadoria o outro não tem direito de receber se morarem na mesma casa os tão sonhados R$ 880,00 correspondente a um salário mínimo. Ah eu ia esquecendo o auxílio moradia que o juiz ganha é de R$ 4.377,73 é incrível como isso não provoca nenhum impacto na folha de pagamento do Estado.

Seria também interessante vê-lo publicar uma matéria informando que os magistrados tem curso de defesa pessoal, coisa que eu acho justo, mas tem que ser em Miami ???

Diga também que ele tem recebido em seus salários reajustes TODOS OS ANOS e que esse ano já foi reajustado em 16% e que nós reles servidores estamos com os nossos CONGELADOS há 3 anos e que esse ano os planos de saúde aumentaram entre 24 e 29% e que o nosso auxílio saúde também continua congelado, bem como, o nosso auxílio alimentação mesmo o feijão sendo o vilão do momento demonstrando que a inflação e gritante.

Porque você não relata o sumisso de mais de 200 computadores que desapareceram misteriosamente do Tribunal de Justiça do Maranhão, ou as licitações mirabolantes que O TJ tem realizado e o CNJ tem barrado por discordar dos métodos e dos valores das mesmas.

Meu amigo, deixe eu te dar um recado, se você quer de fato prestar um serviço a sociedade Seja HONESTOS em suas informações e não envergonhe nem a nós servidores e nem os seus familiares que devem ler essas atrocidades que você vem escrevendo e me perdoe, mas eu não vou me dirigir a você como BLOGUERIRO porque esse título você de fato não merece. Blogueiros de verdade tem por regra ser responsável, imparciais, leal e fiel aos seus leitores, tem por obrigação transmitir informações precisas e verdadeiras você eu não chamaria nem de escritor de tablóide porque nem pra isso você ser meu amigo me perdoe a franqueza.

Ah, o que você ganhou para publicar todas essa asneiras com certeza é bem menor que o AUXÍLIO MORADIA de um juiz, até pq gente como você se contenta com qualquer migalha.

MARCOS ANDRE VIEIRA DUARTE disse...

Eu sinceramente não acredito q seja este blogueiro um desinformado, mas na verdade é um mal intencionado tentando influenciar os q são mal informados. Essa matéria tá totalmente equivocada e tenta colocar-nos numa situ de desprestígio diante da sociedade. Tentando colocar pra nossa conta a culpa q é desse governo q aí está. Ainda mais utilizando uma palavra tão terrível como nos chamar de terroristas. Não somos bode expiatórios de ninguém e não somos os vilões da história.

MARCOS ANDRE VIEIRA DUARTE disse...

Eu sinceramente não acredito q seja este blogueiro um desinformado, mas na verdade é um mal intencionado tentando influenciar os q são mal informados. Essa matéria tá totalmente equivocada e tenta colocar-nos numa situ de desprestígio diante da sociedade. Tentando colocar pra nossa conta a culpa q é desse governo q aí está. Ainda mais utilizando uma palavra tão terrível como nos chamar de terroristas. Não somos bode expiatórios de ninguém e não somos os vilões da história.

ROF disse...

Não é um desinformado, é um babaca desonesto mesmo. Usa dados falsos pra distocer a história e chupar o ovo do governo.

Cesar Bello disse...

Está garantido o direito de comentar/ de resposta a todos os servidores do Judiciário/ ao Sindicato/ bem como as informações sobre os penduricalhos orçamentários. Quanto aos dados vou corrigi-los. Mas o Sindicato do Judiciário deveria municiar os blogs com dados de forma regular/ constante. Apesar dos dados serem contestados- o que reina na mídia é a cobrança de 21% - mantenho a opinião de que o pagamento mesmo de 6% poderá atrasar o resto da folha. Um dado importante as perdas são de 2014/ o Orçamento é Plurianual/ portanto deveria ter sido previsto no então governo de Roseana Sarney. Aumentar a dispensa pública em 6% com o pagamento do valoroso/ necessário/ laborioso/ gigantesco quadro do Judiciário afeta a folha de todo os funcionários públicos do Maranhão. por outro lado são os próprios servidores do Judiciário que informam que o governo Dino vinha pagando os seus direitos. Fiquem a vontade para comentar. Eu opino por conta própria/ não sou pau mandado e não mando pau para ninguém.

Ivo Desiderio disse...

21,7% Uma distorção salarial já resolvida, inclusive o governo Flávio Dino perdeu sempre ao recorrer às instâncias superiores. O percentual de 6,3% é a reposição das perdas em decorrência da inflação ainda de 2014 previstas na constituição, Esta sim estamos cobrando. Más acho que você já sabe disso. O que forma o caráter de um homem? Qual será o seu legado? De onde vem esse ódio contra nós servidores do Judiciário? Golpe vem do governo do Estado e Gestão do Judiciário Maranhense que diga-se de passagem receberam suas reposições salariais. É contra isso que vamos lutar, contra esses golpistas que nos difamam e nos maltratam. Isso sim é um golpe contra o funcionalismo público do Judiciário. Espalhar mentiras não nos calará, pelo cotrario, nos uniremos e seremos ainda mais fortes.
#FlavioDinoNuncaMais

Unknown disse...

Quero ver esse blogueiro provar o que escreveu.

ROF disse...

Pois Cesar Feiio, me responda: se os 6% oneram tanto o Estado, a ponto de quebrá-lo, porque o governo abriu os bolsos para diversas categorias, inclusive dentro do próprio TJMA, embora apenas para os magistrados? O governador não engole até hoje a humilhação que passou na questão dos 21%, onde perdeu em todas as instâncias superiores do judiciário.

ROF disse...

Rapaz, pequisem o nome desse blogueiro e ex-advogado no Google que verão que não devem dar audiência para o que ele escreve. Fui...

Cesar Bello disse...

Rol eu te desafio a mostrar alguma coisa que tenha no google/ na justiça ou qualquer outro lugar que me desmereça como cidadão/ advogado. Essa história de ex-advogado é uma criação sarneysta/ difundida pelos pilantras na mídia maranhense. Estou providenciando o meu retorno a advocacia/ mas não vou deixar de escrever o Blog do Cesar bello para desespero dos que não aceitam críticas. Rolf publica o que tem contra a minha pessoa/ minha vida profissional. Faça isso/ não fique com insinuações. Quero deixar claro ; não sou contra o direito dos servidores do TJ-MA/ apenas acho que o momento não é oportuno/ prejudicaria aos outros funcionários. Essa realidade é dura/ prejudica os servidores do TJ-Ma/ mas não pode prejudicar ao conjunto de servidores. Creio/ acredito que os servidores no momento adequado sejam ressarcidos das suas perdas corrigidas. Acho que a maioria dos servidores do TJ-MA tem bom senso/ equilíbrio e entendem o momento. Alguns querem fazer política/ aproveitar a crise para eleger o Anibal Lins vereador de São Luís. A proposta da candidatura de Lins é boa/ representativa da categoria como um todos - os servidores. Não é necessário a "barricada com 6% ou 21% para a eleição de Lins/ ele tem méritos.

Carlos Eduardo disse...

"A crise econômica atinge a todos sem distinção." Tu ta de brincadeira né Cesar Bello!!!! Quero ver tu falar alguma coisa quando derem o aumento da magistratura!!! Agora que vai aumentar o teto dos ministros do STF! Brincadeira essa tua colocação!!!

Servidora INFORMADA coisa q tu NAO É disse...

Cesar Belo vai procurar o que fazer... pq como bloqueiro (kkkkkkk) tu é uma PIADA!!! O DESINFORMADO QUERENDO INFORMAR... PUTZ! SÓ AQUI MESMO.

Cesar Bello disse...

A verdade é clara como a luz do sol/ não precisa tanta peneira : os servidores do TJ-MA tem direito/ mas se o governo pagar nem o servidores do TJ-MA/ nem o resto do funcionalismo não recebe. O que que tu prefere bem informada receber regularmente dentro do mês/ ou de oito em oito meses ? Me responde agora. Só no Maranhão alguém tão bem informada/ formada pode pensar em cobrir os pés e esquecer a cabeça/ cobrir a cabeça esquecer os pés.

Jane Berrêdo disse...

Esse cara é muito desatualizado e sem noção... rsrsrsrsrsrs....não vale a pena nem discutir.

Jane Berrêdo disse...

Esse cara é muito desatualizado e sem noção... rsrsrsrsrsrs....não vale a pena nem discutir.

Cesar Bello disse...

Jane Berrêdo o problema não é atualizado/ desatualizado. A questão é como resolver o impasse ; os servidores do TJ-MA tem direito decididos em última instância/ mas o governo não tem como pagá-los sem acarretar o atraso na folha de pagamento dos outros servidores. Não tem dificuldade nenhuma em entender o que está acontecendo. VC já deixou de pagar alguma conta para não deixar de comer/ comprar medicamentos ? Faça uma correlação/ uma analogia de uma situação de inadimplência pessoa/ com a do governo estadual e veja se não tenho razão. Eu não defendo governo/ governador. Defendo os outros servidores que bem ou mal recebem em dias/ sem atraso/ graças a Deus ou graças a Dino.

CLÁUDIO ROBERTO disse...

César Bello, você é um desastre até mesmo como comentarista no teu próprio blogue. Não há concordância verbal e nem nominal, você não consegue se quer concatenar as suas idéias, em suma você é um serhumaninho muito triste, você é uma tragédia.

Olha o que você diz:

Apesar dos dados serem contestados- o que "reina na mídia" é a cobrança de 21% - mantenho a opinião de que o pagamento (mesmo de 6%) poderá atrasar o resto da folha. Um dado importante as perdas são de 2014.

Você é retardado ou o quê ?

Como você pode afirmar que mantém sua posição quando diz, mesmo sendo 6% ainda assim atrapalharia a folha.

Você não sabe qual é a diferença de 21% para 6% ?

Meu filho são 15% de diferença, só na tua cabeça 6% e 21% são a mesma coisa.

Você sem dúvidas não bate bem da cabeça.

Cesar Bello disse...

Claudio Roberto tu não tá entendendo 1%/ 15%/ 6% implicam em grandes despesas/ fato que acarretaria o atraso na folha dos outros servidores. Mas vc deve ser daqueles que gostam das coisas "nos mínimos detalhes". É claro que existem erros de concordância/ regência e tudo o mais. O que interessa é fazer entender Cláudio Roberto.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.