Publicidade

O BLOG DO CESAR BELLO CONTINUA NA SUA LINHA DE TOTAL INDEPENDÊNCIA

O Blog do Cesar Bello continua na sua linha de total independência. A "prova dos nove" - Marcos Deça/ Gilberto Léda/ Jorge Aragão/ Caridosos - Pablo/ Yury Almeida/ Neto Ferreira/ Marrapá fazem campanhas abertas/ silenciosas pela liberdade de Ribamar Alves. O titular desta prestigiada coluna eletrônica continua clamando por Justiça - no caso do flagrante de estupro praticado pelo prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves.

Os blogueiros citados orquestram falsos/ infundados argumentos jurídicos - coito consentido/ não teve violência física - em favor do prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves. O Blog do Cesar Bello pugna pela continuidade da prisão de Ribamar Alves, fundamentado nas declarações da vítima - o ato foi contra a sua vontade. Afora o flagrante repercutimos o passado/ presente do acusado. A reação foi acusar o blogueiro de conteúdo impróprio.

As fotos publicadas não tinham a intenção de compartilhar conteúdos pornográficos. O objetivo era mostrar que existem outras vítimas de Ribamar Alves e de outros políticos. O Blog de Luis Cardoso publica fotos/ vídeos mais ousadas(os)/ nunca recebeu qualquer reclamação dos leitores. A estratégia de silenciar Cesar Bello por via judicial é antiga. O que surpreende é tentar fazer o Google suspender o serviço. Porquê ?

Porquê não me corrompo/ não aceito deixar de mostrar os fatos por dinheiro/ intimidação/ ameaças. Durante quase 06 anos fizemos postagens sem que nenhum leitor questionasse o conteúdo. Mas no auge da prisão/ pedido de liberdade de Ribamar Alves apareceram "leitores" que questionaram o conteúdo. Não posso acusar sem provas/ mas é muito estranho o questionamento neste momento. Mas tem solução.

Os leitores que aceitarem o conteúdo continuam acessando - "Aceito continuar". Os que não aceitam devem se manifestar. O que não pode é uma mesma pessoa repetir a mensagem para beneficiar/ prejudicar o Blog do Cesar Bello. Como sei que tem gente para tudo/ espero que os mecanismos de apuração possam avaliar considerando acesso individual/ não as visualizações.

Vamos aguardar.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.