Publicidade

EM MENOS DE 24 HORAS GESTÃO PÚBLICA/PRIVADA DA FAMÍLIA ROCHA É DENUNCIADA

Depois da Força Sindical denunciar a Rádio Capital - Roberto/ Amanda Rocha - para o Ministério Público do Trabalho uma nova denúncia contra a gestão da família Rocha.

Vem de Balsas a denúncia que mais de dois mil alunos esperam providências do prefeito Luís Rocha Filho, o "Rochinha" - as escolas foram interditadas e por isso as aulas ainda não começaram. 

 
Quando tem merenda aluno come no chão

As escolas enfrentam problemas estruturais há mais de dois anos - rachaduras nos pisos/ paredes/ fossas entupidas/ falta de cobertura no teto. Abandono/ descaso marcam a gestão de "Rochinha".
Educação a céu aberto é a proposta pedagógica de Rochinha
"Rochinha" administrava como abelha : de dia dormia/ a tarde tecia e de noite caia no mel. Atualmente o prefeito enfrenta problemas de saúde- rins. Deveria pedir afastamento por 45 dias.

Resultado de imagem para abelhaResultado de imagem para abelha 
de dia dorme/ de tarde tece/ de noite é mel

Convencer que é melhor filtrar o sangue todos os dias/ do que os repasses constitucionais de 10 em 10 dias é tarefa para alguém que consiga fazê-lo entender, que a saúde é o bem mais importante.

Resultado de imagem para prefeito de balsas luiz rocha filho o rochinha

Roberto Rocha bem que poderia auxiliar a filha/ o irmão com propostas administrativas nas esferas particular/ pública. As denúncias sobre as gestões da família Rocha não desencorajam Roberto ? 

Resultado de imagem para roberto rocha e rochinha 
Queixo para o alto/ Rochinha não perde a pose

Dois mil alunos esperam providências para começar o ano letivo em Balsas. A demora no início das aulas provoca o que existe de pior para a educação - a evasão escolar. Rochinha " esse nunca mais".

Resultado de imagem para sem aula charge 


3 comentários:

INCONFORMADA disse...

imagine esse cara sendo governador, se não sabe nem administrar sua empresa.

Cesar Bello disse...

Não é o que eu digo há seis anos e estou sendo processado. Ele poderia mostrar competência auxiliando o irmão a fazer uma boa gestão em Balsas. Podia orientar a filha a administra bem a Rádio Capital. Mas nada disso acontece e porquê/ eles nunca trabalharam/ nunca passaram necessidades/ tudo caia dos governos. Agora só o mandato do senador não aguenta. O povo de Balsas carrega o peso da esbórnia dos Rocha e os funcionários da Rádio Capital são escravizados. Eles não pagam ninguém vivo/ morto ?Como um cabra desse pode querer ser governador/ se ele não sabe fazer nada? Ele pensa em ser governador do jeito que chegou a senador - por imposição.

Francisco Chico disse...

Você falou uma verdade, Bello. Os Rochas jamais trabalharam. Lembra do Marcus Center? Um brinquedinho dado (com que grana?) pelo papai Luís Rocha. Um posto de lavagem - à época ultra moderno. E o que restou? Nada! Prédios para alugar, só. Se fossem empreendedores de fato, aquele espaço teria progredido. Mas era apenas um brinquedo. Não sabem gerir nada. Eis o exemplo da rádio. Lembro do Rochinha nas noitadas de São Luís, só curtindo e gastando (grana de quem??). Trabalhar mesmo, nada! Eles lembram os Abreu. O pai Abreu, este sim um empreendedor, construiu uma empresa de fama, mas quando caiu nas mãos dos filhos - que também jamais labutaram - ruiu. Preferiram - não são bobos - mamar nas tetas do governo. E a vida segue...

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.