Publicidade

SEGURANÇA : BEM NA INVESTIGAÇÃO/ MAL NA PREVENÇÃO/ REPRESSÃO

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão tem como destaque a Superintendência de Investigações Criminais- todas dentro da lei/ com resultados(prisões/ bens bloqueados).

Todavia a prevenção/ repressão não segue o mesmo ritmo/ performance. A falta de sintonia - comando civil/militar - é evidente. A consequência é a falta de estratégias na prevenção/combate.

Os coronéis aposentados compulsoriamente deixaram raízes profunda de "insubordinação" na tropa.  A Adepol/ O Sindicato dos Policiais Civis rezam na mesma cartilha da insatisfação.

A mídia anuncia a saída de 330 "bons meninos" para o "Dia das Kiranças". Não existe estratégia velada/ revelada para a "demanda". É impossível prever aonde as "kiranças" vão brincar.

Mas é fácil entender que o feriado + greve dos bancários é igual mais roubos/ assaltos/ latrocínios. A falta de dinheiro circulando certamente vai aumentar as estatísticas da criminalidade.

Ainda não foi possível mapear os locais de maior incidências de roubos/ assaltos/ latrocínio na Capital ? O empresários dos Transportes Rodoviários com justa razão pedem providências.

2 comentários:

Anônimo disse...

Cesar, tudo bem? Com os novos Desembargadores eleitos para o próximo biênio, você acredita, pelo perfil, que poderemos ter convocações dos excedentes do concurso de servidores do tjma (2011)? Ou por conta de todos os problemas de orçamento, você não acredita nesta possibilidade? Agradecemos pelo espaço de sempre!

Anônimo disse...

Cesar, tocaste na ferida do governo. Não há planejamento estratégico para um trabalho de prevenção na segurança do Estado. As polícias civil e militar não estão integradas com sistema de informação e tecnologia adequadas para frear a crescente onda de violência no Estado, especialmente, na Capital. De outra parte, o Judiciário é lento e arcaico para dar respostas mais rápidas às demandas impostas pela violência. Está na hora de o Governo do Estado, o Ministério Público e o Judiciário, em conjunto, organizarem um foro permanente de combate à criminalidade.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.