O MARANHÃO NÃO VAI PARAR COMO QUEREM AS VIÚVAS DE SARNEY/ O QUE TEM DE ACABAR SÃO AS TENTATIVAS DE DESESTABILIZAR O GOVERNO DINO

Qualquer cidadão com mais de 2 neurônios, independente de filiação partidária tem consciência da crise econômica/financeira que assola o mundo atinge os brasileiros do Maranhão.

Resultado de imagem para crise financeira 

A crise chega/ se estabelece de acordo com as realidades regionais. O Sul/Sudeste é castigado com a queda do consumo- sem consumo/produção as fábricas/indústrias desempregam/fecham.

Resultado de imagem para crise financeira

O Maranhão não tem fábricas/ indústrias. O medo é o comércio fechar as portas. Isso fatalmente aconteceria com a inadimplência dos principais consumidores.- os funcionários públicos.

Resultado de imagem para comércio do maranhão

O governo não poderia continuar pagando os 21% dos funcionários do Judiciário/ da mesma forma pagar os 60% dos ganhos de um delegado, como querem os policiais civis, sob pena de não pagar a todos. 

Resultado de imagem para funcionário do judiciário do maranhão reivindicam manutenção dos 21%

Repito serem as reivindicações/manifestações justas/normais- quem aceitaria passivamente cortes/ indeferimento dos pleitos. Mas o momento não admite possibilidade de êxito nas lutas.

Resultado de imagem para pobreza no maranhão

O povo pobre maranhense sofre há muito tempo, com a rapinagem implantada nos governos Sarney/Murad/Lobão. A crise pode piorar, se o governo não priorizar as políticas públicas. 

Resultado de imagem para maranhão

O Maranhão não pode parar. O governo deve continuar a priorizar políticas públicas voltadas para os mais necessitados. O que deve acabar são as tentativas de desestabilizar o atual governo.

Resultado de imagem para dino água em imperatriz

7 comentários:

Anônimo disse...

Só há uma diferença entre os servidores do judiciário e os policiais civis: os 21,7% estavam implantados há pouco mais de um ano, já fazendo parte do orçamento doméstico de suas famílias, ao passo q o dos policiais são reivindicações.
Uma coisa ė certa César, a desestabilização foi endógena, e não adianta o governador falar q por conta dos 21,7% dos servidores só judiciário o Maranhão iria virar Rio Grande do Sul, pq quem conhece o mínimo de finanças públicas sabe q essa bravata não cola. Aliás quem deixou o RS nessa situação foi o ex governador do PT, Tarso Gerson, ou seja, do mesmo partido e q utiliza as mesmas matizes político-economicas da Presidente Dilma a qual o exmo sr Governador Flávio Dino pegou na mão e como juvenil político exultava em dizer "não ao impeachment", "impeachment é golpe"....mas enfim, moção contra candidatos de Dino definida pelo sindjus...até 2016 ....

FERNANDO REIS disse...

Tu és um safadino, rararararara

FERNANDO REIS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cesar Bello disse...

Fernando Reis não dá para ti levar a sério. Um cara que se mostra malhando é exibicionista. Pela tua cara tem alguma coisa estranha. Portanto recomendo Ruy Palhano. Mas pode continuar comentado. Nao tem corte a não ser que fira a honra pessoal.

FERNANDO REIS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
FERNANDO REIS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cesar Bello disse...

Compreendo me tens como ícone. Faça da mesma forma : envelheça, mas não fique velhaco. Reis procura entender o momento- a crise/ o Maranhão. Os halteres e os músculos não alteram o pensamento. "Mente sã em corpo sã. Agora se és viúva dos Sarney não posso mudar tua mentalidade. Olha volteie a malhar por questões de saúde, estou diabético. Coisas da velhice que não se confunde com velhacaria. Tu não atentas contra minha honra ao falar da minha forma física do passado. Confesso que tenho saudades da saúde física. Um abraço e continua atentando contra minha honra. rararará.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.