JUSTIÇA MARANHENSE DO 1° GRAU DECRETA PRISÃO DE JOÃO ABREU : DESEMBARGADORES DEVEM SER ACIONADOS NO PLANTÃO PARA REVOGAÇÃO

O histórico decreto de prisão do mega empresário João Abreu é decisão independente de um juiz singular/de base/ do 1° grau. 

O desembargador plantonista, juiz do 2º  tem competência para revogar a prisão de Abreu e pode ser acionado ainda nesta madrugada.

Abreu é acusado de receber propina- 3 milhões de reais - para liberar precatórios(dívidas) para empresa Constran e de lavagem de dinheiro.

Os advogados de João Abreu tentam desorientar a Polícia Civil, informando erroneamente que o foragido se encontra no interior de São Paulo.

Abreu foi comprar tecido para enxugar o dinheiro lavado ? A mesma tática foi usada pelos advogados da foragida prefeita Bom Jardim, Lidiane do Leite.

Os advogados de Abreu- Rebouças/ Seabra - pousaram de forma debochada para as "lentes os blogueiros presentes e permanecem nas redondezas.

Advogados de João Abreu disseram que o ex-secretário pode estar no interior de SP.

A permanência dos causídicos no local levantou a hipótese de que Abreu estaria no prédio, em outro apartamento a espera do HC do Plantão Judiciário. 

A defesa de João Abreu - Rebouças/ Seabra - espera sorrindo conseguir   ainda nesta madrugada revogar o decreto de prisão de Abreu. Consegue ?

Os causídicos argumentam que João Abreu é réu primário, tem endereço certo. Mas como se Abreu não está lá ? O prédio tem apenas 4 apartamentos.

"É ó cercar a moita que o preá está dentro". Será que a revogação da prisão de João Abreu não dura 24 horas ? Vamos aguardar os acontecimentos .

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.