A RAPOSA E AS UVA$ : CHICANAS JURÍDICAS/ELEITORAIS EM 100 ANOS NO MARANHÃO

Há pelo menos 100 anos o Maranhão e seus municípios sofrem pelas chicanas - manobras - políticas/jurídicas/eleitorais.

Em 1902 assume o governo Manoel Lopes da Cunha "posto por Benedito Leite", como explicita o historiador Mário Meireles.

Tem início uma série de manobras políticas/jurídicas eleitorais, revezando os vices-governadores em número de 3.

Benedito Leite põe fim as chicanas com a eleição em 1906. O período de paz política jurídica/eleitoral dura apenas 2 anos.

Benedito Leite adoece e passa o governo a Colares Moreira. Leite morre na França e começa a guerra pelo bastão do pranteado chefe político.

Começa o período da "dualidade" governista- Urbano Santos/José Euzébio/ Colares Moreira/ Mariano Lisboa e Costa Rodrigues pela oposição.

Resultado das chicanas políticas jurídicas/eleitorais? Urbano Santos vence, Costa Rodrigues passa a chefiar a oposição maranhense. 

Na década seguinte(1910/1920) é Urbano Santos que comanda/rivaliza na política/justiça com Magalhães de Almeida que vence em 1926/1930. 

No lustro(5 anos) seguinte surge a chicana eleitoral/nacional- Golpe de 30(Getulismo) que retira Aquiles Lisboa  e nomeia Paulo Ramos.

O quartel de século(25 anos) que se segue dá origem ao famigerado vitorinismo- período em que prosperam as chicanas jurídicas/eleitorais/estaduais. 

O auge das chicanas eleitorais no vitorinismo acontece em 1955. O desembargador Palmério Campos é destituído da Presidência do TRE-MA.

O desembargador Sarney Costa assume o TRE-MA, passa fazer o "serviço" para Vitorino Freire e pedir para votar em "Zé meu Filho", o José de Sarney.

As chicanas políticas/jurídicas/eleitorais persistem no Maranhão, as decisões do TRE-MA ainda tem a catinga do desembargador Sarney e filhos.

O entre e sai de prefeitos(as) - Clodomir/Talita no município de Raposa lembra a fábula  "A Raposa e as Uvas" - "quem desdenha quer comprar".

Por detrás do entra e sai em Raposa, tem uma "raposa de cabeleira felpuda", que pede voto para o genro e garante para os que ficam "ed lado".




0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.