ELEIÇÕES 2O14 : SARNEY PEDE LICENÇA DE QUATRO MESES NO SENADO

O senador José Sarney pediu licença de quatro meses(120 dias). Sarney deve dedicar-se da maneira que lhe é peculiar nas articulações das eleições majoritárias no Maranhão e Amapá.

A experiência deve reduzir os movimentos amadores do grupo Sarney no Maranhão. O mito "José Sarney" é forte nos rinções, mas os números favorecem vertiginosamente a Flávio Dino.

O embate direto favoreceria Flávio Dino nos grandes e médios colégios eleitorais- São Luís e Grande Ilha, Imperatriz, Caxias, Timom, Bacabal, Matões entre outros municípios "independentes".

Sarney teme o crescimento de Dino. Flávio Dino tem trânsito livre, influente no governo de Dilma. Dino faz questão de mostrar isso, ciceroneando todas as semanas com Holandinha na Esplanada dos Ministérios.

Sarney deu resposta mais em cima durante a semana. Sarney Filho foi recebido pela Presidenta Dilma. "Zequinha" levou o apóio dos verdes à Dona Dilma. Sarney Filho deixará o gabinete para escursionar no mesmo itinerário de   Dino.

A inversão com Sarney na planice e Zequinha no Planalto não tem a mesma repercussão ou resultados. A estratégia é para nivelar a influência de Dino por baixo. Se Flávio Dino morder a isca "marreta" ou chapéu de otário.

Por outro lado, Sarney costurando direto em Curupu é um perigo. Dino conta com a "janela do poder", que possui o ex-governador José Reinaldo. Sarney, esperto já está metendo a "Navalha" em José Reinaldo para tirar ele de tempo.

Em cada lance é importante a capacidade de prever os movimentos dos adversários por no mínimo dez "mexidas". Por exemplo, para o "caixa pró-Dino" na Prefeitura de São Luís, Detran e Sinfra sofreram "mudanças". Já ou e agora? Qual é a próxima mexida?

0 comentários:

 
Movido a Blogspot